sábado, 16 de setembro de 2017

Lombinhos de peixe gratinados com mozzarella e molho de tomate com seis legumes 

Confesso que não sou grande apreciadora de peixe, mas com esta receita não me importava de o comer todos os dias. Excelente experiência e excelente combinação de aromas! Uma boa forma de pôr os miúdos a comer peixe e legumes sem que dêm conta dos seus sabores.

Ingredientes

1 dose de molho de tomate com seis legumes (receita: http://morangoimenta.blogspot.pt/2017/09/molho-de-tomate-com-legumes-inspirada.html)
4 dentes de alho
Sal rosa dos Himalaias qb
Orégaos a gosto
Azeite qb
1 bola de mozzarella fresca
Raspas de 1 limão
2 colheres de sopa de vinho branco de boa qualidade
4 lombinhos de pescada

Procedimento

Tempere, com 30 minutos de antecedência, os lombinhos de pescada com os quatro dentes de alho picados, o sal, os orégãos e a raspa de limão.
Disponha-os num pirex com azeite e cubra-os com o vinho branco. Leve ao forno pré-aquecido a 170 graus e deixe-os cozinhar sem ganhar cor. 
Entretanto, aqueça o molho de tomate com seis legumes e regue o peixe. Sobre o molho, disponha o queijo mozzarella fatiado e salpique de orégãos. Leve novamente o peixe ao forno, com a função grill ativada, de forma a derreter o queijo.
Retire do forno e sirva com arroz branco de cebola roxa e brócolos cozidos.

Delicie-se e seja feliz!




Natas do céu

Eu chamar-lhes-ia mais "natas dos deuses"! É a sobremesa da minha infância, à qual não resisto: camadas de bolacha triturada com chantilly e ovos moles. A combinação perfeita!
Faço-a sempre sem grandes medidas, a olho, mas, desta vez, tive o cuidado de ir tomando nota das quantidades.

Ingredientes

500 ml de natas bem frias (deverão estar no frigorífico, no mínimo, 12 h)
1/2 pacote de bolacha Maria triturada
8 gemas de ovo
9 colheres de sopa de açúcar (5 para o doce de ovos e 4 para bater as natas)
100 ml de água

Procedimento

Comece por adicionar às natas, quatro colheres de sopa de açúcar. Com a ajuda da batedeira, bata-as até se transformarem num chantilly bem firme. 
Entretanto, triture a bolacha Maria na picadora. 
Inicie, então, a montagem do seu doce: em copinhos ou tacinhas individuais, coloque um pouco de bolacha, sobre esta uma boa camada de chantilly, bolacha novamente, e outra camada de chantilly. 
Posteriormente, leve ao frigorífico para solidificar e humedecer a bolacha.
Comece a fazer os ovos moles: num tacho coloque a água e o açúcar, que deverá levar ao lume até obter um creme grossinho ou o chamado "ponto de estrada"; desligue e deixe arrefecer completamente; entretanto, separe as gemas das claras (aproveite as claras e congele-as para, mais tarde, fazer um molotof, farófias ou uma omelete de claras); depois da calda de açúcar estar completamente fria, e com a ajuda de uma vara de arames, adicione as gemas e mexa; leve ao lume e mexa energicamente e sem parar os ovos moles até engrossarem; desligue e deixe arrefecer.
Depois de os ovos se encontrarem frios, termine o seu doce, deitando sobre o chantilly colheradas de ovos moles. Leve novamente ao frigorífico.

Esta quantidade deu para seis doses e ainda congelei o que sobrou (4 doses) num tupperware para usar mais tarde, quando nos apetecer um gelado de natas do céu.

Delicie-se e seja feliz!




domingo, 10 de setembro de 2017

Mini tartes de maçã na frigideira 

Um lanche rápido, simples e delicioso!

Ingredientes (4 unidades)

2 maçãs brancas raladas grosseiramente
1 ovo
1 c. de sopa de farinha de trigo integral
1 colher de café de fermento
1 colher de café de açúcar mascavado
Canela a gosto
óleo de côco qb
Mel biológico qb

Procedimento

Num recipiente, coloque o ovo, o açúcar, a farinha e a canela. Mexa muito bem e adiciona as maçãs raladas. Mexa novamente.
De seguida, aqueça uma frigideira antiaderente e unte-a com óleo de côco. Coloque na frigideira colheradas de massa, dando-lhe uma forma arredondada. Deixe cozer as mini tartes lentamente e até que fiquem douradas. Polvilhe cada tarte com canela e regue-a com um fio de mel.
Deverá limpar a frigideira e untá-la novamente com óleo de côco sempre que inicie a cozedura de uma nova tarte.

Delicie-se e seja feliz!




sábado, 9 de setembro de 2017

Molho de tomate com seis legumes

Inspirada numa receita do Jamie Oliver, e por sugestão da L., fiz um delicioso molho de tomate bem saboroso e aromático, perfeito para utilizar numa pizza, numa massa, em peixe, enfim... perfeito para utilizar onde a sua imaginação o levar!
Depois de o ter provado, não mais utilizarei, em dias mais apertados, polpa de tomate e afins! Depois de frio, congelei-o em doses individuais e assim terei sempre pronto molho de tomate e legumes para utilizar a qualquer momento.

Ingredientes

7 tomates cacho bem maduros
1/2 cenoura grande
8 cm de alho francês
1/2 cebola roxa
100 gr de abóbora
100 gr de curgete
1/2 pimento vermelho
3 cogumelos brancos (grandes)
5 folhas de manjericão
2 c. Sopa de orégãos
Sal rosa dos Himalaias qb
Azeite virgem extra qb
3 dentes de alho

Procedimento

Comece por lavar os tomates e, com a ajuda de uma faca, desenhe uma cruz na pele, cortando-a. De seguida, escalde-os em água a ferver, de forma a que a pele se solte facilmente. Pique-os grosseiramente e reserve.
Descasque, posteriormente, a cenoura, a cebola, a abóbora, a curgete, lave e parta em pequenos pedaços. Retire também a pele aos cogumelos já lavados e pique-os. Parta o alho francês e o pimento.
Entretanto, pique três dentes de alho e refogue em lume brando no azeite. Junte os orégãos e todos os legumes. Tempere de sal e deixe cozer lentamente até que fiquem macios. 
Quando se encontrarem cozidos, adicione as folhas de manjericão e triture tudo num processador ou com a varinha mágica. Retifique o sal. Deixe arrefecer e utilize como quiser.

Delicie-se e seja feliz!









segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Biscoitos de canela

Sem duvida, os biscoitos que mais aprecio! Biscoitos da minha infância, que se vendiam a granel na mercearia do bairro.

Ingredientes

145 gr de açúcar louro areado
300 gramas de farinha de trigo
125 gramas de manteiga à temperatura ambiente
1 ovo
Canela qb

Procedimento

Misture a farinha, o açúcar, o ovo e a manteiga. Mexa tudo muito bem e, de seguida, amasse até formar uma bola.
Entretanto, pré-aqueça o forno a 180 graus.
Forre um tabuleiro com papel vegetal.
Coloque um pouco de canela numa tacinha.
Tenda pequenas bolinhas, as quais deve envolver na canela e, de seguida, transferi-las para o tabuleiro. Com a palma da mão, pressiona-as de forma a adquirirem o aspeto de um biscoito.
Leve os biscoitos a cozer durante 25 minutos.
Depois de frios, guarde os seus biscoitos num frasco hermético.

Delicie-se e seja feliz.


domingo, 27 de agosto de 2017

Frango frito na actifry

Utilizo a fritadeira actifry há anos, sendo completamente fã. Já vou na segunda fritadeira, tal é o uso que lhe dou! As batatas fritas ficam deliciosas, as carnes, legumes, salgados, castanhas e folhados também! Para quem não a conhece, esta tem a particularidade de fritar apenas com uma colher de gordura (habitualmente azeite).
Hoje saiu um delicioso frango frito que acompanhei com puré de batata caseiro.

Ingredientes

1 frango partido em pequenos pedaços
Salsa seca qb
2 folhas de louro
5 dentes de alho picado
1 colher de sopa de pimentão doce
3 pimentas moídas na altura q.b.
Sal rosa dos Himalaias
Salsa fresca qb
Sumo de um limão
1 colher de sopa de óleo de côco (ou azeite)

Procedimento

De véspera, tempere o frango com o sal, a pimenta, o alho picado, o pimentão doce e a salsa. Mexa-o bem, tape muito bem o recipiente e leve ao frigorífico de um dia para o outro.
Três horas antes de cozinhar o frango, envolva-o no sumo de um limão e deixe repousar.
Depois de o frango ficar bem aromatizado com o limão, coloque-o na actifry juntamente com a marinada e uma colher de sopa de óleo de côco. Programe a fritadeira para trabalhar durante 30 minutos.
Depois de frito, retire-o da cuba e deixe-o repousar num pirex ou travessa. Salpique com salsa fresca picada e delicie-se.





Grego com puré de maçã, camu camu e bagas

Mais uma vez não se trata de uma receita, mas de uma deliciosa sugestão de um lanche saudável e cheio de vitamina C! Utilizei bagas que contêm vit C e, ainda, camu camu, o fruto com mais vit C.

Ingredientes 

Iogurte grego natural ou queijo fresco batido a gosto
1 colher de sobremesa de amoras brancas
1 colher de sobremesa de bagas goji
1 pitada de canela
3 colheres de sopa de puré de maçã caseiro
1 colher de café de camu camu

Procedimento 

No fundo de um copo coloque metade das bagas de amora e gogi. Cubra-as, de seguida, com o iogurte. Sobre este disponha o puré de maçã. Polvilhe-o com o camu camu, a canela e enfeite com as restantes bagas.

Nota: para o puré de maçã, basta descascá-las e cortá-las em pequenos pedaços, levando-os ao lume brando, com um pau de canela e 1 colher de sopa de água. No final, triture com a varinha mágica.

Delicie-se e seja feliz!