domingo, 7 de janeiro de 2018

Creme de legumes caramelizados

Com a descida de temperatura sentida neste domingo, nada melhor do que uma sopa para aquecer o coração!
Contudo, apeteceu-me fugir aos cremes e sopas tradicionais. Por isso, caramelizei legumes e batata doce no forno e saiu um delicioso creme, de sabor fantástico!

Ingredientes

1 batata doce média
1/2 cebola roxa
2 dentes de alho
1/2 curgete
1 cenoura pequena
2 fatias de abóbora
1 pimento vermelho baby
3 cogumelos brancos
1/2 algo francês
Ervas da provence qb
Azeite virgem extra qb
Água qb
Sementes de abóbora tostadas
Sal Rosa qb

Procedimento

Coloque todos os legumes lavados e cortados num pirex, tempere com sal, ervas da provence e azeite.  Envolva bem os legumes com a ajuda de uma colher. Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus durante cerca de 40 minutos ou até os legumes apresentarem uma tonalidade dourada.
Posteriormente, transfira-os para uma panela, acrescente água a gosto, deixe ferver e rectifique o sal. Triture tudo com a varinha mágica até obter uma textura aveludada. Regue o creme com um pouco de azeite ( pode aproveitar o azeite que ficou no fundo do pirex). Coloque o creme em tigelinhas e salpique com sementes de abóbora tostadas.

Delicie-se e seja feliz!






sábado, 6 de janeiro de 2018

Salmão selvagem em caixinhas de massa folhada com molho pesto caseiro

Para além da família, tenho três paixões: ler, beber e saborear um bom café e cozinhar! Não sou nenhuma especialista e cozinha, mas dá-me um grande prazer combinar alimentos, criar e recriar pratos e, por norma, as experiências e combinações correm muito bem. Contudo, preciso de tempo para confecionar as minhas refeições, sem estar com preocupações de qualquer ordem. Aproveitando a tranquilidade desta manhã de sábado, saiu este salmão que nos conquistou e que irei, sem dúvida, repetir!

Ingredientes (duas pessoas)

2 lombos de salmão selvagem
Molho pesto a gosto
Sal rosa  qb
Alho em pó qb
Orégãos qb
Um fio de azeite
Rodelas de tomate cacho a gosto
Queijo Grana Padano ralado finamente qb
1 tomate baby
2 quadrados de massa folhada
Folhas de manjericão para decorar

Procedimento

Comece por fazer o molho pesto. Se preferir, poderá optar pelo de compra.
Entretanto, tempere os lombos de salmão com sal, alho em pó e orégãos. Disponha-os num pirex, regue-os com um fio de azeite e envolva-os no molho pesto, não esquecendo de reservar uma parte do molho. Leve ao forno durante cerca de 40 minutos a 180 graus. O cheirinho que se espalha pela sua cozinha é divinal!
De seguida, corte dois quadrados de massa folhada. Deverá ter em atenção o tamanho dos lombos de salmão, pois a ideia é fazer caixinhas onde os mesmos encaixem. Leve a massa folhada ao forno durante 30 minutos. Depois de cozida, retire-a do forno e deixe arrefecer por completo. Posto isto, com a ponta de uma faca, abra a sua caixinha, deixando um rebordo de cerca de 1 cm. Reserve a tampa.
Posteriormente, inicie o recheio das caixinhas por esta ordem: duas rodelas de tomate, molho pesto, queijo ralado, salmão, molho pesto e metade de um tomate bebé. Polvilhe com mais um pouco de queijo ralado e coloque a tampa de massa folhada junto da respetiva caixinha. Enfeite com folhas de manjericão.
Sirva com arroz selvagem.

Delicie-se e seja feliz!


Ingredientes para o molho pesto

(Não utilizo unidades de medida, gosto de fazer tudo a olho e de ir provando)

Manjericão
Nozes
Queijo Grana Padano ralado finamente
Azeite
Alho fresco
Azeite virgem extra
Sal

Colocar todos os ingredientes no copo da varinha mágica e triturar até obter um creme. Deve-se ir provando e, se necessário, intensificar um ou outro sabor.




















sexta-feira, 5 de janeiro de 2018

Húngaros simples

Entre outros biscoitos, nesta época festiva, escolhi os húngaros para mimar os amigos.
Os húngaros são biscoitos de textura muito delicada que se desfazem na boca a cada dentada. Esta textura é conseguida pela farinha utilizada e pelo facto de, na sua confeção, se utilizarem gemas cozidas.
A receita que vos apresento não é da minha autoria, circula pela blogosfera. Apenas alterei pequenas coisas.

Ingredientes (cerca de 30 biscoitos)

3 gemas cozidas bem desfeitas com um garfo
50 gramas de farinha Maizena
150 gramas de farinha de trigo, tipo 55, sem fermento
100 gramas de manteiga dos Açores
75 gramas de açúcar em pó

Cobertura

160 gramas de chocolate para culinária Pantagruel
20 gramas de óleo de côco

Procedimento

Comece por derreter a manteiga e junte-a ao açúcar, batendo até obter uma textura cremosa. De seguida, misture as gemas bem desfeitas e as farinhas. Bata bem até que a massa adquira uma textura granulada. Com as mãos, junte a massa até obter uma bola. Leve-a, seguidamente, ao frigorífico durante cerca de 30 minutos.
Passado este tempo, estique a massa com um rolo sobre uma bancada polvilhada com farinha.  Utilize cortadores de massa de várias formas para os seus biscoitos. À medida que os for cortando, disponha-os num tabuleiro forrado com papel vegetal.
Deverá cortar e transferir os biscoitos para o tabuleiro com muito cuidado, pois a massa é muito frágil e suscetível de quebrar.
Leve os seus húngaros ao forno pré-aquecido a 200 graus durante cerca de 6 / 7 minutos ou até adquirirem alguma cor. Retire-os do forno e deixe arrefecer por completo.
Entretanto, prepare a cobertura: parta o chocolate em pequenos pedaços e junte-lhe o óleo de côco; leve ao microondas até que o chocolate se funda com o óleo, atingindo uma textura cremosa e aveludada.
Molhe os húngaros no chocolate até metade e volte a colocá-los sobre o
papel vegetal. Leve-os ao frio até solidificar o chocolate.

Poderá optar por rechear duas bolachas com compota ou marmelada, uni-las e passá-las pelo chocolate.

Delicie-se e seja feliz!






domingo, 10 de dezembro de 2017

Broínhas de mel, azeite e especiarias

Uma tarde cinzenta e ventosa, a adivinhar uma tempestade, pede umas broínhas com sabor a Natal. 

Peguei num pedaço de carinho, ao qual juntei vontade de surpreender a família, adicionei uns pózinhos orientais, muita doçura e nasceram estas fantásticas broínhas.

Ingredientes

1 gema de ovo
2 colheres de sopa de amêndoas laminadas
1 de pitada de gengibre em pó
1 colher de sopa de canela
1 pitada de sal Rosa
200 gr de farinha de trigo
100 ml de azeite
2 colheres de sopa de mel biológico
1 colher de café de fermento em pó
100 gramas de açúcar amarelo
Nozes qb

Procedimento

Misture a farinha, as especiarias, a amêndoa grosseiramente triturada com as mãos, o sal e o açúcar. Adicione o mel e o azeite e misture muito bem até obter a consistência de uma massa areada.
Com as mãos untadas com um pouco de azeite, molde pequenas broínhas, as quais deverão ser colocadas num tabuleiro forrado com papel vegetal. 
De seguida, pincele as broínhas com a gema de ovo batida.
Com um martelo de cozinha, esmigalhe as nozes e espalhe o granulado pelas broas.
Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus, durante cerca de 15 minutos.

Acompanhe com um chá bem aromático.

Delicie-se e seja feliz!




quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Bacalhau cremoso com espinafres e tomate seco

Mais uma refeição onde este peixe é rei!

Ingredientes

1 embalagem de espinafres frescos
2 postas de bacalhau (médias) cozido
700 ml de molho béchamel caseiro
1/2 cebola fatiada
1 dente de alho
Orégãos q.b.
Tomate seco a gosto
Pimenta em grão q.b.
Sal Rosa q.b.
Azeite q.b.
Queijo mozarela ralado
500 gramas de batatas aos cubos fritas na actifry

Procedimento

Comece por desfiar o bacalhau. Entretanto, leve ao lume um tacho com a cebola fatiada, o dente de alho picado e o azeite. Deixe refogar ligeiramente e acrescente o bacalhau. Vá mexendo até o peixe ficar desfeito. Depois, junte os espinafres, tempere de sal e pimenta moída na altura. Deixe os espinafres murcharem e desligue o fogão.
Enquanto prepara o refogado de bacalhau e espinafres, frite as batatas na actifry (usando apenas 1/2 de sopa de azeite) e faça o molho béchamel ( não coloco a receita, pois faço-o “a olho”).
Utilize metade do molho béchamel para envolver o refogado de bacalhau e espinafres.
Depois de as batatas se encontrarem chocantes, espalhe-as num pirex. Sobre estas, derrame o creme de bacalhau e espinafres. Salpique de queijo ralado e de tomate seco picado.
Leve ao forno até gratinar.

Delicie-se e seja feliz!









sábado, 25 de novembro de 2017

Chocolate quente home made

Sou completamente fã de chocolate quente, desde o mais líquido ao com textura de pudim, delicioso para comer à colher! E, hoje, abri a época do meu chocolate quente! Deixo-vos a minha receita. Melhor do que o meu chocolate quente só o do Café Louvre, em Praga!

Ingredientes ( duas pessoas)

2 chávenas de leite
2 colheres de chá cheias de amido de milho (Maizena) para um chocolate mais líquido ou 4 colheres para um chocolate para comer à colher
4 colheres de sopa de chocolate em pó Pantagruel
3 quadrados de chocolate preto 95% cacau
Adoçante ou açúcar a gosto
Canela para polvilhar

Procedimento

Colocar todos os ingredientes num tacho e levar ao lume, sempre a mexer com uma vara de arames, até engrossar.
Sirva bem quente polvilhado de canela.
Uma verdadeira tentação!

Delicie-se e seja feliz!

U






domingo, 12 de novembro de 2017

Bolo Salgado integral de carne e tomate seco

Já não é novidade que os jantares de fim de semana, aqui em casa, são mais ligeiros, lembrando mais um petisco do que propriamente uma refeição dita normal.
Ontem, escolhi um bolo salgado, o qual acompanhei de cebola desidratada e salada de espinafres e tomate.

Ingredientes para a massa

1 copo e 1/2 de farinha de trigo integral
1/2 copo de azeite virgem extra
1 copo de leite
5 colheres de sopa de parmesão ralado
1 colher de sobremesa e 1/2 de fermento
1 colher de chá de sal Rosa moído
3 ovos
Manteiga para untar

Ingredientes para o recheio

Sobras de frango assado a gosto
Chouriço de Seia a gosto
1 mão cheia de ervilhas cozidas
1/2 cebola roxa picada
Tomate seco a gosto
Orégãos qb
Pimenta em grão qb
Queijo mozarela qb

Procedimento 

Misture todos os ingredientes da massa, com exceção do fermento. Bata tudo muito bem com a ajuda de uma misturadora ou batedeira. Acrescente o fermento e bata por 15 segundos.
Entretanto, unte um tabuleiro ou pirex com manteiga e polvilhe de farinha. Despeje a massa e sobre ela coloque a cebola picada, o frango e o chouriço partido aos pedacinhos e as ervilhas cozidas. Com a ponta de uma faca, faça alguma pressão sobre alguns pedaços do recheio, para que o mesmo se misture com a massa. Depois, salpique a massa de orégãos, tomate seco picado e queijo mozarela ralado. Tempere com pimenta moída no momento. 
Leve o bolo a cozer, em forno pré-aquecido a 200 graus, durante, sensivelmente, meia hora.
Desenforme, parta aos pedaços e sirva acompanhado de uma boa salada.

Delicie-se e seja feliz!